A Fundação do The Theosophist

De acordo com o Diaries (Diaries) de cel. H. S. Olcott, agora nos Arquivos de Adyar, o Prospecto da primeira revista teosófica, The Theosophist, foi escrito em 6 de julho de 1879. Em 15 de julho, o Mestre M. visitou os fundadores em seu corpo físico, e ocorreu “Uma entrevista privada muito importante”, possivelmente sobre o tema da projetada revista. Em 31 de julho, E. Wimbridge desenhou a capa de The Theosophist e, em 2 de setembro, começou a gravá-la. No dia 11 de setembro, os operários começaram a construir um escritório para a revista. Em 20 de setembro, a primeira cópia (oito páginas) de The Theosophist foi impressa, e no dia 27 a última cópia foi produzida. No dia 28 de setembro, o coronel Olcott levantou-se e foi para a gráfica às 5:30h da manhã, para fazer algumas alterações ordenadas pelo “reverenciado Velho Cavalheiro” na noite anterior. Este título era aplicado ao Mestre Narayan. Em 30 de setembro, os primeiros quatrocentos exemplares da revista foram recebidos e, no dia 1o de outubro, saiu a primeira edição de The Theosophist, e “todas as mãos foram ocupadas colando e escrevendo endereços nos envelopes”, para citar os Diaries do coronel Olcott.
Em 3 de outubro, uma carta foi recebida pelo coronel do Mestre Serapis, que aparentemente foi a “primeira manifestação escrita dele desde algum momento”, como diz o coronel Olcott. Essa carta instruia o coronel sobre certos pontos em relação com a The Theosophist. Diz, entre outras coisas:
“Afirme seus direitos por escrito – foi estabelecida por vós, ninguém, senão os dois têm direito sobre ela, conforme indicado por – *
. . . . Sempre que conveniente, explique que a revista não é sua nem de H.P.B., mas pertence e está sob o controle de certas pessoas, das quais ninguém sabe nada a respeito, exceto vós os dois. . . †
Até o final de outubro, havia 381 inscritos na revista, e foi decidido imprimir 750 exemplares para a segunda edição.
É interessante notar que foi durante esse período, em 2 de agosto de 1879, que Dâmodar foi admitido como membro pelos Fundadores.

* [Aqui aparece um símbolo frequentemente usado pelo Mestre Serapis.]
† [Letters from the Masters of the Wisdom (Cartas dos Mestres da Sabedoria), Segunda Série, Carta n o29.]
[Em seu Álbum de Recortes, Vol. X, p. 9, H. P. B. colou uma prova da capa para os futuros teosofistas, e escreveu sob ela como segue:] Primeira prova da capa – impressa em relevo porque não conseguimos encontrar na Índia nem um xilógrafo para entalhá-la, nem um gravador para cortá-la adequadamente, nem mesmo um litógrafo para imprimi-la em cores da pedra. Wimbridge teve que inventar um novo processo para gravar no zinco.

Escritos Compilados de Blavatsky, Volume II, p. 83